fbpx

O Dia 2 de novembro, é a data reservada para relembrar a memória dos entes queridos. Nos Cemitérios Morada da Paz e Parque da Passagem, esse dia é intitulado “Dia da Lembrança”, momento em que familiares e amigos, rendem homenagens aqueles que já partiram.

Aproximadamente de 46 mil pessoas visitaram os entes queridos nos Cemitérios do Grupo Vila, nos estados do Rio Grande do Norte e Pernambuco. Este ano, além da programação de celebrações e homenagens, os cemitérios apresentaram a campanha “Lembre-se deles antes que eles esqueçam”, que traz uma reflexão acerca da doença de Alzheimer, e o projeto “Turma do Vilinha”, que debate orientação dos adultos em educar os filhos sobre o luto infantil.

No Rio Grande do Norte, os Cemitérios Morada da Paz Emaús, Morada da Paz Caicó e Parque da Passagem, receberam uma programação religiosa diversificada, com celebrações de missas, palestra espírita e culto evangélico. A mesma programação foi replicada no Morada da Paz Paulista, em Pernambuco, possibilitando  desse modo, a demonstração plural de fé dos visitantes.

Quem transitava pelos cemitérios, ainda teve contato com diversas tags penduradas nas árvores, que faziam parte da campanha “Lembre-se deles antes que eles se esqueçam” idealizada pelo SINCEP (Sindicato dos Cemitérios Privados do Brasil) em parceria com o Morada da Paz, que trazia uma reflexão sobre a doença de alzheimer, uma patologia que atinge uma parcela considerável de pessoas na sociedade, mas ainda enfrenta muitos tabus.

Além da campanha, foi apresentado também o novo projeto do Grupo Vila, a “Turma do Vilinha”, que propõe a orientação dos adultos para conversar com seus filhos sobre o luto. Como forma de homenagem, vários cata ventos foram deixados em jazigos que tinham crianças sepultadas com até 12 anos de idade. Um gesto de amor e carinho pelos pequenos que já se foram, demonstrado com um objeto tão significativo para as crianças.

       O projeto ainda contou com um ambiente no Morada da Paz Emaús destinado para a vivência dos adultos e crianças com o projeto. Lá, os responsáveis eram informados sobre o material educativo e os pequenos tinham contato com os jogos e brincadeiras que o conduziam a pensar e expressar seus sentimentos.

Os visitantes também tiveram contato com simulações que demonstravam a nova cerimônia de cremação, que agora apresenta o recurso de projeção mapeada, desenvolvido diretamente em parceria com a psicologia do luto, deixando o momento de despedida ainda mais especial.

OPORTUNIDADE: Descontos de até 30% em serviços de uso futuro.

X