Publicação foi lançada em 2017 e contou com patrocínio do Morada da Paz, por meio do programa de incetivo à cultura Djalma Maranhão.

O Livro “Quando a pele incendeia a memória”, de autoria da pesquisadora Ângela Almeida, que a resgata o trabalho do fotografo caicoense José Ezelino da Costa, é o único do Rio Grande do Norte selecionado para participar do Festival Zum 2018. A publicação foi lançada durante uma mostra de fotografias que levou o mesmo nome do livro em 2017. A iniciativa contou com patrocínio do Morada da Paz, por meio do programa de incentivo à cultura Djalma Maranhão da Prefeitura do Natal, com realização da Cultura de Valor.

José Ezelino da Costa, o primeiro fotógrafo negro da região do Seridó, nascido em 1889 em Caicó, filhos de escravos, é o pioneiro no registro da identidade social da cultura seridoense. Além disso, Ezelino imortalizou imagens de parentes e amigos e o cotidiano da sociedade da sua época. Para a elaboração do livro, Ângela Almeida contou com o apoio da sobrinha-neta do retratista, a arquiteta Ana Zélia Moreira, que apresentou o álbum de família, herança deixada por sua mãe. O livro conta com projeto gráfico de Rafael Sordi Campos e ilustrações de Michelle Holanda.

Não existe nenhum registro fotográfico semelhante ao de José Ezelino no Brasil. A maioria dos registros é da população negra retratada como vendedores de ruas ou como trabalhadores de baixo escalão. Além dos registros familiares, Ezelino produziu um vasto material da cidade de Caicó e demais regiões do Seridó. Infelizmente, muitas destas fotos foram perdidas ao longo dos anos, o que fortalece ainda mais a importância do trabalho da pesquisadora Ângela Almeida.

A curadoria da exposição buscou produção de fotografia voltada ao meio editorial. Mais de 160 publicações participaram da convocatória e 46 foram selecionadas para a exposição Biblioteca de Fotografia, que aconteceu nos dias 28, 29 e 30 de Setembro, no Instituto Moreira Sales da Avenida Paulista, São Paulo/SP. O Festival Zum é uma realização anual, fruto de parceria entre a Revista ZUM e a Biblioteca de Fotografia do IMS, e reúne artistas, fotógrafos, editores, cineastas e escritores em conversas e palestras sobre a produção e a circulação das imagens no mundo atual.

Fique ligado! Agora você pode pagar o seu boleto do Morada da Paz em qualquer agência bancária.Saiba mais
+